domingo, 17 de maio de 2020

COVID-19 na Nova Zelândia


A população da Nova Zelândia é de 5,002,100 habitantes.

  • 03/02/2020 - O governo da Nova Zelândia anunciou que todas as pessoas vindas da China teriam suas entradas negadas no país. Com exceção dos residentes e cidadãos neozelandeses, e aqueles que teriam deixado a China e passado 14 dias ou mais em outro país.
  • 07/02/2020 - Healthline freephone para covid-19.
  • 28/02/2020 - O primeiro caso de COVID-19 na Nova Zelândia foi reportado na região de Auckland, na ilha norte. Uma mulher neozelandesa recém chegada do Irã, na casa dos 60.
  • 17/03/2020 - O Ministro David Clark anunciou que turistas que desobedecessem o lockdown seriam presos e até deportados. O Ministro das finanças Grant Robertson anunciou um pacote de NZD$12.1 bilhão (8.7 bilhões para empresas e empregos, 2.8 bilhões para suporte de renda, 500 milhões para a saúde e 600 milhões para aviação). Anúncio do "esquema de subsídio salarial", no qual o governo pagará $585 por semana no total de 12 semanas para cada funcionário full time das empresas que aplicassem para receber esse subsídio, e $350 para funcionários part-time, também por 12 semanas.
  • 18/03/2020 - O Ministério das Relações Exteriores pediu a todos os neozelandeses que retornassem para a Nova Zelândia. E o governo neozelandês fretou vários vôos de repatriação.
  • 19/03/2020 - Todas as fronteiras do país foram fechadas às 23:59, permitindo apenas a entrada de residentes e cidadãos neozelandeses, com o requerimento de isolamento voluntário. A compania de recrutamento médico MedWorld apelou para que médicos aposentados voltassem ao trabalho e também aqueles que trabalhavam apenas meio período.
  • 20/03/2020 - Serviços públicos como livrarias, piscinas e parquinhos foram fechados.
  • 21/03/2020 - Um sistema de 4 níveis de alerta foi introduzido para gerenciar o surto, e foi definido como alerta nível 2.

Leia sobre o sistema de alerta covid-19 da Nova Zelândia e seus níveis clicando aqui.
  • 22/03/2020 - O povo correu para os supermercados para fazer compra de pânico.

  • 23/03/2020 - Passamos para o alerta nível 3, sendo anunciado que em 2 dias passaríamos ao alerta nível 4. Partidos "rivais" suspendem a campanha eleitoral e se unem para combater o covid-19.
  • 24/03/2020 - O governo extendeu os vistos temporários até o fim de setembro.
  • 26/03/2020 - Começou o alerta nível 4, onde o país entrou em bloqueio nacional. Apenas serviços essenciais como hospitais, farmácias e supermercados poderiam permanecer abertos. E as pessoas podiam sair de casa para se dirigir até esses estabelecimentos, onde foram implantadas regras rígidas de segurança. Também era possível sair para caminhadas nos bairros, sempre obedecendo o distanciamento social de 2 metros. A Primeira Ministra Jacinda Ardern anunciou um pacote de $27 milhões para serviços sociais como Salvation Army e Women's Refuge.
  • 29/03/2020 - Primeira morte por covid-19, uma mulher na casa dos 70 anos. Lançaram um formulário online para que denunciem as pessoas que desobedecem as regras do nível 4 de lockdown.
  • 02/04/2020Nesse dia a Nova Zelândia teve o maior número de novos casos: 89. E esse número se repetiu também no dia 05/05/2020.
  • 10/04/2020 - Todos os neozelandeses retornando para a Nova Zelândia devem ficar em isolamento supervisionado.
  • 14/04/2020 - Anúncio de um pacote de $130 milhões para estudantes do ensino superior.
  • 15/04/2020 - Foi anunciada a redução de 20% nos salários dos ministros e executivos do setor público. Vários prefeitos de Otago, incluindo Jim Boult, prefeito de Queenstown, anunciaram que iriam doar parte de seus salários para caridade e assistência dos atingidos pela crise do covid-19.
  • 16/04/2020 - Começaram a ser realizados testes comunitários voluntários em supermercados selecionados para testar se ainda existia transmissão comunitária. 
  • 20/04/2020 - A Primeira Ministra Jacinda Ardern anunciou que passaremos ao alerta 3 a partir de 27/04/2020 as 23:59h, e empresas estão autorizadas a trabalhar internamente para reabrir no level 3.
  • 23/04/2020 - Anúncio de um pacote para suporte as mídias de $50 milhões, eliminando também as taxas de rádio e televisão por 6 meses.
  • 28/04/2020 - Voltamos ao alerta nível 3, onde algumas empresas tiveram permissão para trabalhar, tais como empresas de construção, e de comida quando fosse possível apenas entregar a comida sem contato com o cliente, e o mesmo deveria levar para comer em casa.
  • 29/04/2020 - Escolas e creches voltaram a funcionar apenas para os filhos de trabalhadores essenciais que não tem com quem deixar seus filhos.
  • 07/05/2020 - Recorde de testes feitos em um dia = 7,812 testes.
  • 14/05/2020 - Entramos no nível 2, onde a maioria  das empresas puderam abrir suas portas, todas adaptadas as regras de segurança e distanciamento social.
  • 17/05/2020 - 1,499 casos (1,149 confirmados e 350 prováveis), 45 casos ativos. Foram 21 mortes no total.
  • 20/05/2020 - O Ministério da Saúde lançou um app para registrar os lugares que as pessoas frequentam. Quando você chega em alguma loja ou restaurante por exemplo, você abre o app e escaneia o código QR, então o app vai registrando todos os lugares que você passou. 
  • 24/05/2020 - Outra morte por covid-19, de uma pessoa da St Margaret's Rest Home.
  • 25/05/2020 - A Primeira Ministra Jacinda, anunciou que iria liberar o contato social para até 100 pessoas, a partir das 12:00 do dia 29 de março. (o limite anteriormente era de 10 pessoas). Também foi anunciado um subsídio para neozelandeses que perderam seus empregos de $490 por semana, e $250 por semana para quem estiver trabalhando apenas meio período.
  • 29/05/2020 - Alguns milhões foram liberados para o setor de Artes e Cultura.
  • 08/06/2020 - Nenhum caso ativo. A Primeira Ministra anunciou que entraremos no alerta nível 1 a partir de meia noite. No alerta nível 1, não haverá restrições no nosso dia-a-dia, nas atividades sociais e comerciais, e também nos transportes públicos. Mas as fronteiras do país continuação fechadas ainda por tempo indeterminado. 
  • 09/06/2020 - Primeiro dia do alerta nível 1 :)

Total de casos = 1504 e 22 mortes.


Os 4 locais de maior contágio foram:

1- Um casamento em Bluff no restaurante Oyster Cove - 98 casos.
2- Colégio Marista em Auckland - 96 casos.
3- Comemoração de Saint Patrick - 77 casos.
4- Rosewood Rest Home (casa para idosos) em Christchurch - 56 casos.

Leia sobre o sistema de alerta covid-19 da Nova Zelândia e seus níveis clicando aqui.

Leia aqui sobre as 22 mortes por covid-19 na Nova Zelândia.





Nenhum comentário:

Postar um comentário