sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Vitamina D




Olá pessoal, eu descobri ter deficiência de vitamina D quando eu tive problema no pescoço, que eu inclusive fiz uma cirurgia. E desde então eu fico tentando suprir essa deficiência, tomando suplementos de vitamina D em cápsula, tomando sol (sempre que possível né?) e comendo alimentos ricos em vitamina D.

Porém, eu andei conversando com várias pessoas aqui de Queenstown, que me contaram estar com a deficiência de vitamina D também. E sabemos que o sol não é muito presente por aqui, principalmente nessa época do ano. Então, eu, na minha humilde opinião de pessoa comum (não sou médica e nem especialista), considero a ausência do sol o principal fator desencadeante para a deficiência de vitamina D.

Pra quem não sabe, a deficiência de vitamina D, causa fraqueza muscular, o que pode ser um grande problema para quem trabalha bastante.

Entre suas principais funções estão a fixação do cálcio nos ossos, prevenção de doenças cardíacas, fortalecimento do sistema imunológico, manutenção do peso e até manutenção da saúde mental. A ausência da vitamina D é comum principalmente para pessoas que vivem em locais em que o sol não aparece muito. Afinal, a exposição ao sol é essencial para que a vitamina se fixe no organismo. Acredita-se que de 80% a 90% do que recebemos de vitamina D no organismo provém dos raios UVB.

8 sintomas de que você pode estar com deficiência de vitamina D:

1 - Ficar doente com frequência
2 - Fadiga e cansaço
3 - Dor nos ossos e nas costas
4 - Depressão
5 - Perda de cabelo
6 - Dor muscular 
7 - Dificuldade de cicatrização
8 - Perda óssea


Consequências da falta de vitamina D:


- Diminuição do cálcio e do fósforo no sangue;
- Dor e fraqueza muscular;
- Enfraquecimento dos ossos;
- Osteoporose nos idosos;
- Raquitismo nas crianças;
- Mau desenvolvimento psicológico nas crianças;
- Crescimento tardio em crianças;
- Falta de equilíbrio;
- Doenças cardíacas como hipertensão;
- Alterações de peso;
- Dificuldades de memorizar e raciocinar;
- Ineficiência do sistema imunológico;
- Desenvolvimento de diabetes tipo 2;
- Alterações do nível de açúcar no sangue.


Como repor a vitamina D:

1 - Exposição ao sol
Cerca de 15 minutos ao dia sem protetor solar. Para a pele morena ou negra, esse tempo deve ser aumentado em 45 minutos. Porém muito cuidado com isso, pois os raios UV da Nova Zelândia são altíssimos. Existem apps pra verificar os raios UV por região, o que eu uso é o "uv2Day". 

2 - Medicamentos
Conforme prescrição médica pro seu caso específico ou podem ser encontrados em farmácias e alguns supermercados.

3 - Alimentos ricos em vitamina D:


Leite 
Manteiga
Fígado de galinha
Óleo de figado de bacalhau
Sardinha
Peixes gordos
Frutos do mar
Mariscos
Ovos cozidos
Salmão
Cogumelos



Exame para verificar o nível de vitamina D:

Aqui em Queenstown a minha GP me deu a requisição para fazer o exame, mas mesmo ela fornecendo a requisição, o laboratório cobra $30 pelo exame, se você tiver mais exames para fazer; se você for fazer apenas para checar o nível de vitamina D, eles cobram $30 pelo exame e mais $12.50 para retirar o sangue.
Eu não sei informar se o preço é o mesmo se você fizer privado, sem a requisição do médico. E eu sei que o preço pode variar conforme a cidade e laboratório. Então o melhor é verificar com seu GP ou ligar diretamente no laboratório.


Informações sobre a vitamina D na Nova Zelândia:

Pesquisadores da Nova Zelândia têm experiência em várias condições fisiológicas e estágios do ciclo de vida onde a deficiência de vitamina D é potencialmente prejudicial para a saúde, tanto a curto como a longo prazo. Estes incluem saúde óssea, síndrome metabólica, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, obesidade e força muscular, durante a gravidez, infância e na idade avançada.

Vários das recentes pesquisas mostraram que um número substancial da população da Nova Zelândia tem níveis sanguíneos de vitamina D bem abaixo do nível normal.

Um estudo recente de 6 meses do Dr. John Livesey com cerca de 200 adultos de Christchurch mostraram que eram quase todos deficientes de vitamina D durante o período estudado.


O exame de sangue de uma ampla amostra da população indicou que, em toda a Nova Zelândia, na ordem de 50% da população apresentaram níveis ótimos de vitamina D em seu sistema, ou seja, os outros 50% não.

Esta evidência é muito sólida e mostra que esta situação representa uma grande ameaça à saúde para muitos neozelandeses, como pode ser visto pela lista de condições mencionadas no início deste artigo.

A vitamina D existe em 5 formas e é a vitamina D3 (que é fabricada no corpo pela luz solar) que é importante.

Para resumir, a menos que você gaste muito do seu tempo em uma ocupação ao ar livre, você deveria estar procurando complementar sua ingestão de vitamina D.