quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Noite de Guy Fawkes



É um antigo evento Inglês celebrado anualmente na noite de 05 de novembro, com fogueiras, fogos de artifício e encontros familiares.


A origem de Guy Fawkes nos remete a 1605 quando um grupo de 12 homens tentaram explodir a Casa do Parlamento da Grã-Bretanha. Este evento tornou-se conhecido como a Conspiração da Pólvora, e incluiu o Sr. Guy Fawkes, que estabeleceu sua reputação como um dos mais notórios traidores da Grã-Bretanha.

Sob a regência de James I, católicos ingleses tinham sido perseguidos por muitos anos. Os 12 conspiradores da Conspiração da Pólvora acreditavam que a ação violenta seria garantia para acabar com essa perseguição. Ao explodir a Casas do Parlamento, eles pretendiam matar o rei, talvez até mesmo o Príncipe de Gales, e os deputados do Parlamento Europeu que faziam a vida difícil para os católicos.

Para realizar seu plano, os conspiradores se apoderaram de 36 barris de pólvora, e os armazenaram em um porão sob a Câmara dos Lordes.

Mas com esse plano o grupo sabia pessoas inocentes seriam feridas ou mortas no ataque. Então alguns dos conspiradores começaram a pensar sobre isso. Um dos membros do grupo chegou a enviar uma carta anônima advertindo seu amigo, Lorde Monteagle, para ficar longe do Parlamento em 5 de novembro.

A carta de advertência chegou ao rei, e as forças do rei fizeram planos para parar os conspiradores. Guy Fawkes, que estava no porão do parlamento com os 36 barris de pólvora quando as autoridades invadiram, nas primeiras horas de 05 de novembro, foi capturado e enviado a julgamento. Para mostrar ao público que a traição não seria tolerada, o juiz condenou Fawkes à forma mais horrenda de execução disponíveis: a de ser enforcado e esquartejado.

Para assegurar que esta mensagem fosse ao público, tornou-se a tradição, que um sermão fosse entregue no Parlamento todos os anos no aniversário da presente data. Isso ficou conhecido como a "O Sermão da Conspiração da Pólvora." Além disso, um poema ou verso infantil foi criada para se certificar de que cada nova geração se lembraria da Conspiração da Pólvora, e o final desagradável que aguarda traidores. 


Como a noite de Guy Fawkes é celebrada na Nova Zelândia?

Neozelandeses celebram o festival anual da mesma forma como o Inglês faz, com fogueiras e fogos de artifício iluminando a noite oficial de 05 de novembro (a única diferença é que esse dia é muito mais quente na Nova Zelândia, nesta altura do ano!)

Para kiwis, Guy Fawkes tornou-se uma ocasião sinalizando a chegada do verão e uma oportunidade para a família e amigos para se reunir e tomar a emoção de fogos de artifício espetaculares. Ao contrário de outros festivais comemorados na Nova Zelândia, Guy Fawkes não inclui todos os alimentos especiais e nem sao trocados presentes.

Guy Fawkes pode ser celebrada em casa ou em grandes exibições públicas de fogos de artifício, em escolas, parques e estádios. Estes eventos públicos são para que as pessoas possam ver exposições muito mais espetaculares de fogos de artifício, e também tem um nível muito mais alto de segurança do que as celebrações em casa.


Por que os fogos de artifício e fogueiras fazem parte do festival?

Na mesma noite em que a Conspiração da Pólvora foi frustrada, 05 de novembro de 1605, fogueiras foram incendiadas para celebrar a segurança do Rei. Desde então, a noite tornou-se conhecida como Bonfire Night. O evento é comemorado todos os anos com fogos de artifício e pela queima de efígies de Guy Fawkes em uma fogueira. As efígies são feitas de roupas velhas recheadas com papel amassado para torná-los como um homem (ou seja, Guy Fawkes). Esses "caras" são, então, colocados no fogo e queimados.

Os fogos se estendem por 4 dias, porque Guy Fawkes foi torturado por 4 dias antes de ser enforcado e esquartejado.

Se você for comemorar e/ou participar dessa festividade, tenha cuidado com os fogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário