quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Quase tudo sobre a Nova Zelândia




Essa postagem reúne os principais links, sobre as principais dúvidas em relação a Nova Zelândia. Tire um tempo para ler e esclarecer suas dúvidas.


- Quer morar na Nova Zelândia, mas não sabe nada sobre a Nova Zelândia? (Vistos, salário, filhos, saúde, etc)
EMPREGO / TRABALHO



ORÇAMENTO MENSAL

- Simulação de orçamento para viver em Queenstown (válido também para as outras cidades da NZ, pois os preços são parecidos, com exceção dos exames médicos)




MORADIA / ALUGUÉIS

- Aluguéis:


- Manual para viver em Queenstown (moradia, emprego, escolas, etc)

DIRIGINDO



INVERNO / FRIO

- Chegando em Queenstown (ou qualquer outra cidade da NZ) no inverno, não deixe de ler essas dicas:
ELEITORES NO EXTERIOR





GRUPOS E PÁGINAS DO FACEBOOK



DICAS


CURIOSIDADES




COMO MANDAR DINHEIRO PARA O BRASIL



30 MOTIVOS PARA IR PARA A NOVA ZELÂNDIA


 FERIADOS NA NOVA ZELÂNDIA



HORÁRIO DE VERÃO


PROFISSIONAIS BRASILEIROS NA NOVA ZELÂNDIA


ACADEMIA NA NOVA ZELÂNDIA





CULTURA DA NOVA ZELÂNDIA



ESTAÇÕES DE SKI E SNOWBOARD EM QUEENSTOWN





sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Alugando casa ou quarto! Tenant ou flatmate!


Tenant - pessoa que alugou uma casa, seja através de imobiliária ou direto com o dono (landlord).

Flatmate - Pessoa que alugou um quarto na casa de alguém (do tenant). (mate=companheiro, flat=apartamento)

Primeiramente, tanto faz se você é um tenant ou um flatmate, é primordial que sejam providenciados contrato e recibos. Você como tenant vai ter o seu contrato com a imobiliária/landlord, e você também deve providenciar um contrato entre você e o flatmate. 

E não se esqueçam dos recibos de pagamentos. Exijam recibos de pagamentos. Seja de bond ou de aluguéis.

No contrato devem ser especificadas todas as regras sobre a locação.

Achei alguns modelos de contrato online, porém em inglês, se alguém tiver algum em português e quiser me passar, colocarei aqui como exemplo.



Você pode acrescentar claúsulas, e deixar todas as regras bem claras e especificadas no contrato. Como por exemplo: limpeza da casa, responsabilidades, direitos e deveres, etc.

Como flatmate, você pode alugar um quarto e pagar o valor do aluguel do quarto e mais as despesas (luz, internet, etc). Ou então, alugar um quarto já com os valores das despesas incluídas. 

Algumas sugestões para você pensar e rever antes de alugar:

Começando pelas mais polêmicas


1- CONTA DE LUZ: 

Acho correto dividir o valor da conta de luz entre todos os habitantes da casa, até mesmo com as crianças. Porque as crianças tomam banho, utilizam tablet/laptop, assistem tv/dvd, e partilham do quentinho gerado pelo heat pump e/ou aquecedores. Quando tínhamos 2 flatmates, dividíamos a conta de luz em 5 (eu, Everton, Davi e os 2 flatmates), pegávamos a parte deles, juntávamos com nossas 3 partes e pagávamos a conta). Acho isso super justo e o correto a fazer.



2- LIXO: 

É preciso conversar e esclarecer sobre reciclados e lixo orgânico. Toda casa tem um latão de reciclados (normalmente azul ou preto com a tampa azul), a casa que não tiver é só pedir pro council pois é gratuito. Já o lixo orgânico pode ser colocando no latão (wheelie bin, geralmente preto com a tampa vermelha) ou nas sacolas plásticas azuis (blue bag). O wheelie bin não é gratuito, é pago por ano, então dá de fazer uma divisão de quanto ele custa por semana e então dividir com os ocupantes da casa. As sacolas plástica azuis são vendidas nos mercados, fácil de fazer uma divisão de valores também.

Geralmente o holiday park e alguns complexos de apartamentos tem um container gigante fixado no local para que sejam colocados os lixos. E geralmente não se separa os lixos.




3- LIMPEZA DA CASA: 

Isso varia conforme o acordo entre as partes. Mas acho que cada um deve ser responsável por cada louça que sujar. Então após usar, nada melhor do que já lavar e limpar :)

A limpeza do resto da casa, varia também com o acordo, as vezes o tenant inclui a limpeza da casa no acordo e no valor do aluguel. As vezes as tarefas de limpeza são divididas entre todos, por partes, ou por semana. Existem casas onde todos dividem o valor da compra dos produtos de limpeza, e em outros casos o tenant se responsabiliza por isso.

Quando tínhamos flatmates, eu fiz um acordo onde os flatmates eram responsáveis pela limpeza dos quartos deles, e pela limpeza das louças e da cozinha, quando utilizassem. E eu era responsável pela limpeza do resto da casa, inclusive do banheiro, porém, eu avisei que se deixassem marcas do "número 2" no vaso ou pêlos no box do banheiro, eles mesmos teriam que limpar.



4- CORREIO: 

Não esqueçam de perguntar se o correio passa no endereço, se tem e onde fica a caixinha de correio. Já morei em casa que a caixinha de correio ficava há uns 400 metros da casa, e já morei em apartamento que não tinha a caixinha de correio (mailbox ou letterbox) e tivemos que comprar. No holiday park por exemplo, não tem caixinhas, e na época que morei lá, entregavam tudo na recepção, e era uma confusão, pois eles separavam por letras de nome ou sobrenome. Eu por exemplo tinha que procurar as minhas em 4 letras, pois tenho 4 nomes.

Você pode optar por ter uma PO Box, a vantagem é que independente de trocas de endereços, você vai ter sempre o endereço fixo da PO Box, mas a desvantagem é que vai ter sempre que ir no correio para pegar as correspondências.

Nas áreas rurais você precisa preencher um formulário para se cadastrar, para então receber a correspondência.



5- INTERNET: 

Tenants, aconselho vocês a adquirir um pacote com internet ilimitada, assim ninguém terá discussões sobre isso futuramente. Dividam o valor mensal pelo número de habitantes da casa e fim de papo :)



6- GRAMA E JARDIM: 

Depende do acordo entre landlord e tenant; e entre tenant e flatmate. Já morei em casas que a imobiliária era responsável pela jardinagem e em outras que nós éramos responsáveis. É importante perguntar sobre isso também antes de alugar.



VALORES



Flatmate: para morar de flatmate na casa de alguém, ou seja, alugar apenas um quarto; geralmente você vai pagar 2 semanas de bond* + 1 semana adiantado. Isso é para entrar no quarto. Dai depois vai pagando apenas o valor semanal.

P.S.: Isso pode variar conforme o acordo com o dono da casa.





CASA: Para alugar uma casa é necessário obedecer algumas exigências, que variam conforme a imobiliária ou conforme o dono da casa; e o valor da casa. Você não pode alugar casa com visto de turista por exemplo. Algumas imobiliárias e/ou landlords exigem visto de trabalho de pelo menos 1 ano. Você precisa apresentar comprovante de renda, referências, etc.


Os valores para se alugar 1 casa são:

4 semanas de bond* + 1 semana adiantada + 1 semana de letting fee** + GST

Exemplo: se o aluguel da casa for 300,00 por semana, pra entrar nela, você vai fazer o contrato e pagar:

4 semanas de bond = 1.200,00
1 semana adiantada = 300,00
1 semana de letting fee = 300,00
GST 45,00 = 1.845,00

e após esse pagamento, continua pagando semanalmente o valor do aluguel. Sempre adiantado.


*BOND - Seria uma caução, que você paga quando entra no quarto ou casa, e se não danificar/quebrar/etc, nada na casa, você recebe de volta quando sair do quarto ou casa.

Quando você aluga uma casa, é preenchido um formulário de bond, que é enviado para o Tenancy Services. Quando você deixar a casa, vai preencher outro formulário para receber seu bond de volta.

**LETTING FEE: É a taxa paga para a imobiliaria, ou seja, a comissão da imobiliária. Esse valor você não recebe de volta. Se você alugar casa diretamente com o dono, não vai precisar pagar essa taxa.

GST é o imposto.





Leia mais sobre tenant, flatmate, bond, e etc; nesse site: www.tenancy.govt.nz

Pretende alugar algo em Queenstown? Tem vários links no MANUAL, clique aqui.


sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Vindo como turista para a Nova Zelândia

Postagem atualizada 
em 07/12/2019

Você pretende vir para Nova Zelândia apenas para passear e conhecer? 
Apenas tirar férias na Nova Zelândia? 
Visitar um familiar? 

Então SIM, venha como turista/visitante.




Você quer entrar como turista mas pretende morar e trabalhar na Nova Zelândia?

Você pode, se você tiver qualificação, inglês e sua profissão estiver na lista de profissões em procura. Mas ainda assim é um risco grande. Conheço uma pessoa que entrou aqui como turista, falando a verdade, que veio a procura de trabalho, e o deixaram entrar porque a profissão dele estava na lista, porém deram visto de apenas 1 mês pra ele. E mesmo que você consiga entrar aqui dessa maneira, ainda assim vai passar pelo sufoco de ter que conseguir um empregador para aplicar um visto de trabalho pra você. Vai ter gastos e tudo mais.

Então eu quero expressar aqui a minha opinião sobre esse assunto que estão vindo me perguntar com muita frequência, e que também vejo muita gente perguntando isso nos grupos do facebook.

Eu NÃO aconselho ninguém a vir para Nova Zelândia como turista, em busca de emprego. Eu acho muita responsabilidade aconselhar alguém a vir pra cá dessa maneira. Tem gente que vem como turista e tem sorte e consegue empregador para aplicar visto de trabalho. Alguns conseguem rapidamente (minoria) e outros demoram muito tempo. E quanto mais tempo demorar, mais dinheiro se gasta. Alguns não conseguem, e voltam ao Brasil com prejuízo financeiro de um grande investimento que não teve retorno. 

Para não vir como turista você tem 3 opções:

- Visto de estudante: comprando um curso de 14 semanas ou mais, você tem direito a aplicar o visto de estudante, que te dá direito a trabalhar até 20hs por semana. É um visto aberto que você pode trabalhar aonde quiser, e com isso você pode conquistar um empregador para mais tarde aplicar um visto de trabalho pra você. Além de você estudar e aprender inglês, porque o inglês é fundamental aqui, quanto maior o seu nível de inglês, maiores as chances de pegar empregos melhores e não tão pesados, e consequentemente com salário melhor. As vezes o dinheiro que você desperdiça se sustentando como turista por meses, é o valor do curso. Você aplica o visto de estudante do Brasil, ou seja, antes de vir, e quando vier já entra com visto aprovado.

- WHV (Working Holiday Visa): Também um visto aberto onde você pode trabalhar em qualquer lugar, por até 3 meses por empregador, no prazo de 1 ano, ou seja, 4 empregadores. E também pode conquistar um desses empregadores para aplicar  visto de trabalho pra você. Porém, esse visto também depende de sorte, pois são apenas 300 vagas por ano. Através desse visto você também já entra no país com visto aprovado.

- Visto de trabalho aplicado do Brasil: Você pode entrar em contato com empregadores daqui da Nova Zelândia, e se conseguir uma vaga, pode aplicar o visto ainda estando no Brasil e já chegar aqui com visto de trabalho aprovado. É difícil, mas não é impossível.

Com esses 3 vistos, você vai aplicar estando ainda no Brasil, então digamos que se não for aprovado, você nao vai ter tido gastos com passagens, viagem, e tudo mais.

Para saber mais sobre cada tipo de visto, inclusive com os links da imigração da Nova Zelândia, clique aqui.

IMPORTANTE: Independente do tipo de visto que você vier, você tem que se preparar muito bem financeiramente para não passar sufoco e não ter surpresas. Clique aqui para ver uma simulação de orçamento.

Estou vendo muita gente vir como turista e estar sendo barrada no aeroporto, e não conseguindo nem entrar na Nova Zelândia. Sei de casos que pessoas que já foram mandadas de volta já do Chile ou da Argentina. Então é melhor estudar a maneira mais segura de vir, para você não perder seu dinheiro e ter seu sonho impedido. Sem contar que alguns ganham visto de turista restrito, que é um tipo de visto que impede que você aplique pra outro visto, então a única alternativa é sair da Nova Zelândia, na data determinada pela imigração. Não te impede de voltar novamente e tentar de novo, mas corre o risco de acontecer as mesma coisa novamente.

Outra coisa...! Pessoal, tomem muito cuidado com opiniões, e também com experiências, se deu certo pra alguém, não significa que vai dar certo pra você também. Existem muitos vídeos no youtube, postagens em blogs, etc... Não acreditem na primeira postagem que lerem, ou no primeiro vídeo que assistirem. Pesquisem bastante em várias fontes e tenham certeza que são fontes seguras.

Eu sei que tem muita gente que não vê a hora de sair do Brasil, vir pra Nova Zelândia e aproveitar tudo que esse país maravilhoso tem para oferecer, mas não adianta fazer tudo de qualquer jeito, tem que ser muito bem planejado.

E as leis de imigração tem mudado com frequência, então se certifique de que a informação é atual. Antes de ler procure pela data da postagem e/ou atualização.

E se você optar por visto de estudante, pesquise bastante antes de escolher a agência. Procure por feedbacks e reviews sobre a empresa, pergunte nos grupos e também procure por postagens antigas nos grupos de facebook. Digite o nome da empresa na lupa do grupo, e leia as postagens que envolvem a empresa. Outra dica que eu sempre dou, é que eu acho melhor contratar agências com sede na Nova Zelândia, pois eu já vi casos que a agência era brasileira e nenhum dos agentes da empresa já tinha visitado a Nova Zelândia, e indicaram uma home stay pro aluno, dizendo ser perto da escola. Quando ele chegou, descobriu que ele tinha que caminhar 2km até o ponto de ônibus, e pegar 2 ônibus até chegar na escola. Então escolha agências que os agentes conheçam a Nova Zelândia e principalmente a cidade do seu destino.

Abaixo vou indicar algumas agentes que moram em Queenstown:




Oi Genteeee!
Eu sou Renata Nitzsche, mais conhecida como Re

Vim para Nova Zelândia há 4 anos atrás para um projeto de Intercâmbio do meu filho e meu marido.

Sou Consultora de Intercâmbio em Queenstown da Inbound Study, que foi a empresa que escolhi para realizar meu projeto.
Hoje me sinto imensamente feliz de fazer parte dessa equipe, que presta serviços de Consultoria Educacional na NZ e Australia.

Visite minhas redes sociais e tenha informações diárias sobre Queenstown.
Bem como , me chame no watzap para que conversar um pouquinho e juntos, realizar seu projeto de Intercâmbio para NZ

Instagram @novazelandia_renatanitzschefasuolo

Facebook 
Renata Nitzsche Fasuolo

Whatsapp 
+640278737366 


Gratidão




Me chamo Jihane Sato, moro em Queenstown há 3 anos, eu e meu noivo viemos para esse país maravilhoso como estudantes de inglês, fizemos o processo de visto sozinhos pois na época morávamos no Japão. Por ser ex-intercambista tenho experiência necessária para te ajudar a realizar esse sonho. No meu instagram @jihanesato compartilho o dia a dia, dicas, vagas de empregos e informações sobre Queenstown e a Nova Zelândia. Será um enorme prazer te ajudar a realizar esse sonho que um dia também foi meu!



Olá, tudo bem com você?

Meu nome é Louane Domingues, faço parte do time da Vital Intercâmbios, sou consultora especialista em Nova Zelândia / Austrália.
Quero que você sabia que estou aqui para auxiliar na organização do seu intercâmbio, para que você realize esse sonho tão incrível que é o intercâmbio.
Eu moro na Nova Zelândia desde 2016. 
Atualmente estou na maravilhosa cidade de Queenstown, localizada na Ilha Sul, porém, morei por algum tempo em Tauranga, localizada na Ilha Norte e já visitei diversas cidades por aqui.
Por isso e tantas coisas que já passei, eu tenho certeza que posso te assessorar na escolha da melhor cidade (de acordo com seu perfil) para você vir estudar aqui do outro lado do mundo.

Eu, como parte do time da Vital Intercâmbios, estou focada em encontrar as melhores condições para os nossos intercambistas, então, quero que saiba que nós NÃO iremos medir esforços para negociar algo bacana para você.
Quero junto com você te auxiliar a realizar esse sonho e tirar esse seu projeto do papel!

Um grande abraço,

Louane Domingues


__________________________________

Boa sorte a todos, beijos.

Luana Karina